[ breviário de decomposição ]

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

bizarrices da net

As 10 pessoas mais esquisitas do planeta

Qua, 19 Nov, 08h02
Por Redação Yahoo! Brasil

1. A mulher que atinge 200 orgasmos por dia

O barulho de um trem, o secador de cabelo, uma máquina fotocopiadora - tudo isso é motivo para Sara Karmen, uma britânica de 24 anos, sentir um orgasmo. Somente durante os 40 minutos de uma entrevista ao jornal News of The World, ela teve 5 orgasmos. A moça sofre da Síndrome de Excitação Sexual Persistente, que faz com que ela fique excitada por grandes períodos de tempo, mesmo sem ter um estímulo sexual. 'As vezes tenho muitas relações sexuais, na tentativa de acalmar-me.' - conta Sara.

2. O homem que não consegue engordar

O inglês de 59 anos, John Perry, pode consumir a quantidade de alimentos que quiser e não consegue engordar. O distúrbio, chamado lipodistrofia, faz com que o corpo queime rapidamente a gordura que absorve. Quando tinha cerca de 12 anos, Perry comentou que começou a emagrecer sem nenhum motivo aparente. Os médicos, imaginaram que ele estivesse sofrendo de uma úlcera estomacal. O problema de Perry é causado pela produção de insulina, que é seis vezes maior do que uma pessoa normal.

3. O homem que não sente frio

O holandês Wim Hof de 48 anos, que ficou conhecido como o 'Homem de Gelo', já correu uma maratona no Pólo Norte, apenas vestindo um short e nadou cerca de 80 metros em água gelada. Por uma condição incomum, Hof não sofre de hipotermia, como ocorre com a grande maioria dos seres humanos. Ao invés disso, o fluxo sanguíneo, que em temperaturas muito baixas é enviado apenas para os órgãos vitais, no caso dele, continua sendo fornecido para todo o corpo, não permitindo que ele sofra com ulcerações.

4. O garoto que não podia dormir

Imagine, uma criança que não dorme, nem cochila por 3 anos. Foi o que ocorreu com Rhett Lamb, que não tinha experimentado uma soneca na vida. O problema era causado por uma anomalia no tecido cerebral, chamada: má-formação de Chiari. Parte do seu crânio era anormalmente pequena e acabava exercendo uma pressão sobre o cérebro.Em maio desse ano ele passou por uma cirurgia e finalmente dormiu. Seu pai declarou que dividiu com a mãe do garoto a responsabilidade de monitorá-lo durante o sono.

5. A garota que é alérgica a água

A australiana de 19 anos chamada Ashleigh Morris não pode usufruir de hábitos comuns à jovens da sua idade. Ela não pode ter contato corporal com água. Morris sofre de um doença de pele raríssima, chamada Urticária Aquagênica, que é um processo de alergia extrema à água. Quando Ashleigh se molha, seu corpo explode em feridas e caroços, que levam cerca de duas horas para aliviar.Como não há cura ou tratamento, Ashleigh preferiu parar de fazer esportes e tudo o que a faz suar.

6. A mulher que não consegue esquecer

Uma californiana de 42 anos possui a melhor memória do mundo. A mulher, que é conhecida como Jill Price, lembra-se de quase todos os dias de sua vida, a partir dos 16 anos de idade. Segundo ela, sua memória passa como um filme, 'ininterrupta e incontrolável'. Ela, lembra claramente o que ocorreu no episódio de 'Murphy Brown' em 28 de março de 1988. Além disso, ela recorda-se de fatos mundiais e outras tantas informações que pessoas comuns não conseguem recordar. Sua anomalia chama-se síndrome hipertimésica.

7. A adolescente que se alimenta apenas de Tic Tac

Natalie Cooper, inglesa de 17 anos, sofre de uma doença misteriosa: ela vomita toda vez que ingere algum alimento sólido. A única coisa que pode ela pode comer, com segurança, é a bala Tic Tac. Inicialmente, os médicos acreditavam que a menina sofria de bulimia, mas logo abandonaram a idéia. Por razões ainda inexplicáveis, o Tic Tac é a única comida que não a deixa mal. Porém, Nathalie precisa ingerir outros tipos de nutrientes através de uma fórmula especial, via tubo.

8. O homem que está há mais de 1 ano soluçando

Chris Sands, de 24 anos, soluça em média a cada dois segundos.Chris Sands, que é músico, disse que sua carreira ficou prejudicada e acredita que a cirurgia conseguirá lhe devolver uma vida normal. Segundo os médicos do Queen's Medical Centre, um tubo será implantado no estômago de Chris para monitorar o nível de acidez, pois ele sofre de refluxo ácido, motivado por uma falha em uma das válvulas.

9. A mulher que desmaia sempre que ri

Kay Underwood, 20 anos, tem cataplexia, ou seja, qualquer espécie de emoção forte que tenha pode fazê-la desmaiar, devido ao enfraquecimento repentino dos músculos. Excitação, raiva, medo, surpresa, e até vergonha podem provocar o desmaio.Sua condição anormal foi descoberta há cinco anos, quando chegou a perder a consciência por mais de 40 vezes em um único dia. Tal como muitos dos doentes de cataplexia, Kay sofre também de narcolepsia - adormece sem mais nem menos.

10. A mulher que tem alergia à tecnologia

Ela se chama Debbie Bird e é absolutamente alérgica à tecnologia. Para ela, falar no telefone celular, cozinhar no forno de microondas ou dirigir um carro, são tarefas praticamente impossíveis. Tudo porque Bird possui uma sensibilidade ao campo eletromagnético criado pela maioria dos aparelhos eletrônicos. Como conseqüência, Debbie sofre com uma dolorosa alergia na pele e nas pálpebras. Para diminuir o problema, ela criou uma espécie de zona livre da influência eletromagnética.

4 Comments:

  • olá

    estar em um estágio diferente dos outros,
    em um tempo diferente,
    em um mundo diferente,
    não faz de ninguém uma aberração, eu acho. ser diferente e ser igual é tudo o que a gente precisa aprender, e vai levar a eternidade, por isso nem adianta ter pressa... ninguém vai ficar de fora.

    eu não fico usando palavras
    ocas pra falar de vc, em volta de vc, sobre vc, rótulos gastos como 'psicose', 'paranóia', 'bipolaridade' 'esquizofrenia'

    mas vc já usou várias vezes pra falar de mim

    eu me esforço pra entender a sua linguagem, que é a nova linguagem do mundo, mas é também a mais antiga. eu me esforço muito. mas pq eu desejo, pq vc me esgota, mas me ajuda a sonhar.


    se cuida
    eu gosto de você.
    o meu nome é o que vc quiser
    que seja nesse momento. E embora eu seja uma mulher rústica, eu
    não entraria em nenhum espaço seu
    pra te agredir, magoar ou ofender.

    bjs
    S.

    By Anonymous Anônimo, at quinta-feira, 20 de novembro de 2008 19:39:00 BRST  

  • “S.”,

    o mundo é formado pela soma de todas as diferenças. então, seria um desatino sem fim não aceitá-las. pobre de quem ainda não se apercebeu disso ou por alguma razão mesquinha reluta em fazê-lo!

    palavras vazias nada significam, pois não há como sustentá-las – penso. Logo, como poderia eu tê-las lançado? seria ao vento, em algum momento imponderado? não sei por estar diante do desconhecido, mas seria reconfortante para mim (também) que vc explicasse...

    entendimento... compreensão... absorção. a poliformia do ser é algo um tanto quanto difícil de ser alcançado, quiçá impossível. o entendimento humano é limitado, por mais que nos esforcemos haverá sempre um grau maior que poderá ser inatingível. lampejos de genialidade ou de loucura fazem com que um ou outro de nós seja alçado sob certo aspecto a um estágio que seria inatingível ordinariamente pela maioria. mas tudo bem, devemos tentar sempre. isso faz parte de nós, da nossa inquietude e nos torna mais humanos.

    hum... creio que vc já esteve neste espaço sim, e como todos que por aqui andam será sempre bem-vinda. mas não precisa ser uma incógnita, um “x” indecifrável numa equação sem resposta ou mal formulada. convido-a a se apresentar...

    By Blogger Sandman of the Endless, at sexta-feira, 21 de novembro de 2008 11:38:00 BRST  

  • 'não precisa ser (...) uma equação sem resposta ou mal formulada'

    nem uma coisa
    nem a outra
    nem eu sou isso
    nem vc
    nem ninguém é isso
    eu acho...

    o que vc quer dizer com 'se apresentar'?
    eu não compreendo, sinceramente

    se conseguir me explicar o q deseja dizer com isso, me indicar com que gesto giro a maçaneta; se sinalizar o que ainda quer de mim ou algum dia quis ou nunca quis (já que reconhece q talvez tenha me visto por aqui outras vezes, entre outros tantos transeuntes), vou me esforçar para atender ao teu pedido. Senão acho que vc simplesmente pode ignorar e apagar os meus comentários. Apagar. Um dia eu tive que aprender a fazer isso. E tenho a impressão de que vc também... Como se trilha o caminho de volta? será que não é para compreender melhor isso que nos cruzamos? para ajudar um ao outro a redescobrir a paisagem que parece perdida sob o nevoeiro?

    S.

    By Anonymous Anônimo, at sábado, 22 de novembro de 2008 15:26:00 BRST  

  • boa sorte e força pra ti!
    um dia disse algo aqui que acho que
    continua valendo, mas não lembro bem como era... (nem todo dia é dia de profundezas... rs).
    Mas te pedia pra tentar dar peso igual à tua lua e ao teu sol. É o que eu estou tentando fazer; e tb conto então com a força que ainda puder me habitar, mais do que com a sorte. Mas um pouco de sorte não nos faria mal...

    Um grande abraço
    S.

    By Anonymous Anônimo, at domingo, 23 de novembro de 2008 20:41:00 BRST  

Postar um comentário

<< Home